José Adrião

 Lisboa, 1965

Licenciado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (1991), Mestrado pela Universidade Politécnica da Catalunha no programa Metropolis (2002).
Docente nos Departamentos de Arquitetura da Universidade Autónoma de Lisboa e na Universidade de Évora.
Entre 2005 e 2009, foi codirector do JA – Jornal Arquitectos.
Em 1996, forma JAPP Arquitectos com Pedro Pacheco.
Em 2002, inicia JAA, José Adrião Arquitectos.
Projetos premiados desde 1991: Concurso de Ideias para o Terreiro do Paço (1992), 1º Lugar, 2º Prémio; Europan 5, Chelas (1999) 1º Prémio; Concurso de Ideias para Dinamização Área Arqueológica do Vale do Ocreza (2004) 1º Prémio; Concurso de Ideias para o Mercado do Barreiro (2005) 1º Prémio; Concurso de Ideias para a Valorização de Frente de Mar de Albufeira (2006) 1º Prémio; Concurso de Conceção para a Escola EB+1 Custódia Marques em Porto Salvo (2009) 1º Prémio; Concurso de Conceção para Escola Secundária da Quinta do Perú em Sesimbra (2010) 1º Prémio.
Em 2012 a JAA recebe o Prémio Vilalva da Fundação Calouste Gulbenkian pela obra Fanqueiros em Lisboa, o Prémio FAD 2012 Instalações Efémeras do júri pela obra Magnólia e o Prémio FAD 2012 Interiorismo de opinião para a obra Fanqueiros. Em 2014 a JAA é finalista do Prémio FAD 2014 na categoria Arquitectura com a obra Casa da Severa. Nesse mesmo ano José Adrião conquista o prémio AICA / Sec / Millennium BCP de Arquitectura para o ano de 2012.